Início
/
Cidadão

Cidadão


Dádivas de Sangue

HORÁRIO PARA DADORES DE SANGUE

As dádivas podem ser feitas no Serviço de Imunohemoterapia, situado no Hospital de Beja (Piso 0), no seguinte horário:

Segunda e Quinta-feira
Manhã: 09h30 às 12h30
Tarde: 14h30 às 19h

Terça-feira
Manhã: 09h30 às 12h30
Tarde: 14h30 às 16h

Quarta-feira
Manhã: 09h30 às 12h30

Sexta-feira
Tarde: 14h30 às 16h

 

AGENDAMENTO DA DÁDIVA

O Serviço de Imunohemoterapia disponibiliza a possibilidade de Agendamento da Dádiva, para segurança e conforto de todos.

 

FOLHETOS INFORMATIVOS PARA OS DADORES

Para ser dador de sangue, terá de ter idade compreendida entre os 18 e os 65 anos (até aos 60 anos se for uma primeira dádiva) e ter hábitos de vida saudáveis.

Qualquer pessoa com peso igual ou superior a 50 kg pode dar sangue.

Consulte o folheto informativo para mais informações

Dadores de Medula Óssea

O Serviço de Imunohemoterapia realiza colheita de sangue a potenciais dadores de medula óssea.

Pode ser dador de medula óssea se tiver idade compreendida entre 18 e 45 anos, peso igual ou superior a 50 Kg e não for portador de doenças crónicas ou autoimunes. Consulte o folheto informativo

 

Brigadas de Recolha de Sangue

O Serviço de Imunohemoterapia da ULSBA, em parceria com Associações de Dadores de Sangue, promove as chamadas Brigadas, para ir ao encontro dos dadores de sangue.

 

CALENDÁRIO 2022

Consulte o calendário das brigadas e saiba onde vamos estar para aceitar a sua dádiva de sangue.

 

Contactos

Telefone do Serviço de Imunohemoterapia: 284 310 200



AquiAppBicho

O que é a aplicação?

As doenças transmitidas por vetores e outros animais, emergiram ou reemergiram como resultado das alterações climáticas, demográficas e sociais, alterações genéticas nos agentes infeciosos, resistência dos vetores a inseticidas e mudanças nas práticas de saúde pública.

O conhecimento das espécies, a sua distribuição geográfica e hospedeiros associados, permite-nos estabelecer atividades de vigilância epidemiológica para que medidas de prevenção, controlo e mitigação possam ser implementadas, pelo que importa monitorizar a introdução de novos vetores e dos vetores já presentes.

Assim surge o AquiAppbicho!, uma aplicação desenvolvida no âmbito de uma parceria estabelecida entre a Unidade de Saúde Pública da ULSBA, EPE e a EMAS – Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja, E.M., que permite ao cidadão reportar o avistamento de vetores ou animais, como mosquitos, carraças, pombos, pulgas, piolhos, lagarta do pinheiro e ratos, contribuindo assim para o seu controlo e prevenção de doenças.

Objectivos

  1. Colaborar na investigação sobre os agentes de transmissão denominados de vetores e outros animais;
  2. Garantir a monitorização e vigilância da atividade dos vetores e outros animais;
  3. Prevenir a propagação dos vetores através de ações de sensibilização e combate para a sua eliminação;
  4. Contribuir para a preparação de planos de contingência que tenham como objetivo minimizar impactos negativos decorrentes de eventual introdução e instalação de mosquitos invasores;
  5. Identificar áreas territoriais de risco, definir zonas prioritárias para a vigilância e medidas especiais de intervenção;
  6. Articular com entidades públicas e desenvolver parcerias educativas sobre as doenças transmitidas por vetores e outros animais.

A quem se destina?

A todos os cidadãos que disponham de smartphone, tablet, laptop ou desktop com acesso a internet e pretendam reportar o avistamento de vetores ou animais, como mosquitos, carraças, pombos, pulgas, piolhos, lagarta do pinheiro e ratos, contribuindo assim para o seu controlo e prevenção de doenças.

Ganhos pretendidos

  1. Vigiar a atividade de vetores e outros animais transmissores de doença e caracterizar as espécies e a ocorrência sazonal;
  2. Identificar a distribuição geográfica de vetores e outros animais transmissores de doença, importantes em saúde pública;
  3. Emitir alertas e articular atempadamente com as entidades responsáveis para a adequação das medidas de controlo, em função da densidade dos vetores ou animais e do nível de intensidade.

Reporte vetores e animais transmissores de doenças através da aplicação AquiAppbicho!


Testamento Vital

O Testamento Vital é um documento, registado eletronicamente, onde é possível manifestar o tipo de tratamento, ou os cuidados de saúde, que pretende ou não receber, quando estiver incapaz de expressar a sua vontade. O Testamento Vital permite, também, a nomeação de um ou mais procuradores de cuidados de saúde.

O registo do Testamento Vital, no Registo Nacional do Testamento Vital (RENTEV), permitirá a disponibilização atempada da informação constante no seu Testamento para consulta pelos médicos.

Como preencher o Testamento Vital?

Para simplificar o processo, o utente pode aceder ao Modelo de Diretiva Antecipada de Vontade (DAV), preencher e entregar no Agrupamento de Centros de Saúde do Baixo Alentejo (Rua Dr. António Sardinha, Beja). Desta forma, o Testamento Vital será registado no sistema informático da saúde, o RENTEV.

Como consultar o Testamento Vital?

Num contexto de urgência ou de tratamento específico, o médico assistente poderá consultar o Testamento Vital do utente, através do Portal do Profissional, garantindo assim que a vontade anteriormente expressa é cumprida. O próprio utente pode, através da Área do Cidadão, verificar se o seu Testamento Vital está correto, ativo, dentro do prazo, acompanhando todos os acessos que são feitos pelos médicos.

Para ficar devidamente esclarecido, consulte:


Taxas Moderadoras

A legislação que regula o acesso às prestações do SNS por parte dos utentes no que respeita ao regime das taxas moderadoras e à aplicação de regimes especiais de benefícios, tem por base o Decreto-Lei n.º 113/2011, de 29 de novembro, na sua redação atual.

 

Decreto-lei n.º 131/2017 de 10/10/2017 – Alarga o elenco de cuidados de saúde dispensados do pagamento de taxas moderadoras no SNS.

Circular Normativa n.º 8 de 31/03/2016
Alteração do regulamento de aplicação de Taxas Moderadoras.

REVISÃO DE CATEGORIAS DE ISENÇÃO E ATUALIZAÇÃO DE VALORES DAS TAXAS MODERADORAS

 


Mais Saúde

LINHA SAÚDE 24 MUDOU PARA SNS 24

O serviço muda de nome, mas mantém o número (808 24 24 24) e vai ter novas valências.

O SNS 24 é um centro agregador da informação dispersa no SNS, sendo acessível ao cidadão através de múltiplos canais como internet, smartphone, aplicações móveis e Área do Cidadão do Portal SNS.

Vai ser possível, por exemplo, marcar consultas com o médico de família, tratar diversas matérias administrativas, que hoje obrigam a deslocação às unidades de saúde, promovendo a proximidade do profissional de saúde e do utente ao Serviço Nacional de Saúde.

Mais informações em www.sns24.gov.pt

______________________________________________________________________________________________________________

EVITE IR À URGÊNCIA HOSPITALAR EM SITUAÇÕES NÃO URGENTES

Sempre que possível, vá ao centro de saúde ou à sub da sua zona de residência, que funciona 24h por dia.
Terá sempre uma resposta imediata, com os meios adequados e será encaminhado para o serviço mais correcto.

Ajude-nos a tratá-lo onde mais precisa.


Agradecimentos

2022

  • Agradecimento – Profissionais Piso 5 (Hospital de Beja)
  • Agradecimento – Profissionais do Serviço de Obstetrícia
  • Agradecimento – Profissionais da SUB de Moura
  • Agradecimento – Profissionais do Serviço de Ginecologia
  • Agradecimento – Profissionais do Serviço de Urgência Pediátrica
  • Agradecimento – Profissionais do Serviço Social e Serviço de Urgência do Hospital de Beja e do Centro de Saúde de Serpa
  • Agradecimento – Profissionais da Casa Mortuária do Hospital de Beja

 

2021

  • Agradecimento – Profissional do Centro de Saúde de Beja
  • Agradecimento – Profissionais do Serviço de Urgência da ULSBA
  • Agradecimento – Profissionais do Hospital de Beja
  • Agradecimento – Equipa da Unidade de Endoscopia
  • Agradecimento – Profissionais da UCI, Piso 4 e Fisioterapeuta do Centro de Saúde de Ourique
  • Agradecimento – Todos os profissionais da ULSBA
  • Agradecimento da Santa Casa da Misericórdia de Mértola a todos os profissionais da ULSBA
  • Agradecimento da Santa Casa da Misericórdia de Cuba a todos os profissionais da ULSBA
  • Agradecimento – Profissionais da ULSBA
  • Agradecimento – Equipa da UCI (Covid) e Conselho de Administração
  • Agradecimento – Profissionais do Hospital de Dia de Oncologia e Enfermeiras Sofia e Mónica (Piso 4)
  • Agradecimento – Equipa do Piso 4
  • Agradecimento – Equipa de saúde do Centro de Saúde de Beja
  • Agradecimento – Equipa de saúde do Centro de Saúde de Aljustrel
  • Agradecimento – Vários Profissionais da ULSBA

 

2018-2019


Informação ao Utente

 

PLANO DE CONTINGÊNCIA SAÚDE SAZONAL 2020/2021 – MÓDULO OUTONO/INVERNO

Consulte o Plano

 

PRESENÇA DE UM ACOMPANHANTE NO SERVIÇO DE OBSTETRÍCIA (COVID-19)

A presença de acompanhante da mulher durante o parto é um direito reconhecido nos serviços de saúde. Contudo, no âmbito da pandemia COVID-19, foi implementado um conjunto de medidas excecionais de prevenção e controlo de infeção, com o objetivo de minimizar o risco de transmissão da infeção, especialmente em ambiente hospitalar.

Caso a presença de acompanhante não possa ser garantida de forma segura (pelos riscos avaliados pela equipa de saúde) pode ser considerado uma exceção de restrição de acompanhantes, fundamentado pelo risco de infeção por SARS-Cov-2. A presença na sala de partos só será permitida quando a equipa clínica o entender adequado e totalmente seguro.

À data, e porque a segurança de TODOS é a nossa maior preocupação, a equipa clínica entende não ser permitida a presença de um acompanhante no momento do parto, no entanto é proporcionado ao pai, ou pessoa designada, uma visita ao seu bebé e mãe.

Deve cumprir as regras de higienização das mãos, etiqueta respiratória, utilização de máscara cirúrgica, bata descartável e protetor de calçado e observar as demais regras da unidade hospitalar e as orientações dos profissionais de saúde.

 

Quando aplicável, atualizaremos a informação para o Acompanhante da grávida. Agradecemos a compreensão.

 

 

HORÁRIOS DE VISITAS AOS DOENTES INTERNADOS (NOVAS REGRAS EM 07.10.2021)

 

 

MAIS INFORMAÇÕES


Gabinete do Cidadão

Equipa

  • Responsável | Dra. Matilde Veríssimo
  • Assistente Técnica | Teresa Barata

 

Missão

  • Receber as sugestões, elogios, agradecimentos e reclamações dos utentes dos serviços de saúde;
  • Fornecer informação sobre os Serviços, direitos e deveres dos utentes constituindo, assim, um elo de ligação entre o órgão de gestão da Organização e os utentes/comunidade, no sentido da melhoria da qualidade dos serviços prestados.

O Gabinete do Utente foi criado por Despacho Ministerial n.º 26/86, de 30 de junho (II Série).
Pelo Despacho n.º 8958/2013, do Gabinete do Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, é aprovado o Regulamento do Sistema SIM Cidadão, passando os Gabinetes do Utente que funcionam nos hospitais, centros hospitalares e unidades locais de saúde, a designar-se por Gabinetes do Cidadão e assumem as competências consignadas no Regulamento do Sistema SIM-Cidadão.

 

Objetivos

  • Aplicar as normas constitucionais que conferem a todo o cidadão português o direito de tomar parte na decisão dos assuntos públicos do país;
  • Ser um espaço aberto ao contributo e participação dos cidadãos, suscitando e apoiando, junto dos utentes/acompanhantes, a sua opinião sobre os serviços prestados;
  • Funcionar como agente no processo de mudança da Organização;
  • Constituir um instrumento de gestão primordial para a melhoria da qualidade da prestação de cuidados, a satisfação dos utentes e a performance global da ULSBA.

Funções

  • Informar os utentes dos direitos e deveres em relação aos Serviços de Saúde;
  • Verificar as condições de acesso dos utentes aos cuidados de saúde;
  • Receber as sugestões formuladas pelos utentes, no que se refere à Organização e funcionamento dos Serviços;
  • Receber os agradecimentos e/ou louvores formulados pelos utentes à Instituição e/ou aos seus colaboradores pelo funcionamento dos Serviços e/ou atendimento prestado;
  • Receber as reclamações sobre o funcionamento dos Serviços ou comportamento dos funcionários;
  • Reduzir a escrito as reclamações orais feitas nos termos do ponto anterior, quando os reclamantes não possam fazê-lo;
  • Promover, junto das populações da respetiva área de influência da ULSBA, a divulgação da existência do Gabinete do Cidadão.

 

Horário de Funcionamento

  • Dias úteis: 09:00h às 17:00h (sem interrupção)

 

Como apresentar exposições

  • Diretamente no Gabinete do Cidadão – Hospital José Joaquim Fernandes (junto ao hall da entrada principal)
  • Via carta ou email
  • No Livro de Reclamações, existente em todos os Serviços de atendimento ao público
  • Outras entidades (Portal da Queixa, Entidade Reguladora da Saúde, DECO)

 

Contactos


Visitas aos Doentes Internados no Hospital

Horário Geral

Sala de Cuidados Cirúrgicos

Serviço de Pediatria e Unidade de Neonatologia

Serviço de Obstetrícia

Unidade de Internamento de Psiquiatria

Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente

Unidade de Cuidados Intermédios de Cardiologia

 

Nota: Visitas aos doentes internados no Hospital de Beja encontram-se suspensas devido à pandemia.